Filizola Platina – Placas, modelos e versões

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

AVISO

Todo conteúdo fornecido e hospedado pelo portal Doutor Balança é inteiramente grátis, incluindo softwares, manuais e dicas. Nosso intuito é auxiliar e instruir o usuário final e balanceiros.
Então fique a vontade e aproveite nosso conteúdo.

Durante a sua produção, a Filizola platina passou por uma série de modificações e atualizações, além da modernização das placas (parte física), a Filizola trazia sempre atualizações em seu firmware (parte logica), trazendo melhorias no banco de dados, capacidade de armazenamento, opção de inserção de dados diretamente na balança, correção de bugs, aprimoramentos de recursos, novas interfaces de comunicação, dentre outros.

Se desconsiderarmos as revisões das placas, capacidades de pesagens e interfaces de comunicação, teremos 3 tipos de balanças.

Filizola Platina “Figuras”, explodida ou três placas:

Conta com uma placa dedicada a cada modulo da máquina, uma para controle do impressor Tp80, uma para controle das funções básicas e armazenamento dos dados (Placa principal ou CPU), uma fonte de alimentação, que contava com transformador e chave seletora de tensão e uma placa dedicada à célula de carga, conversão do sistema analógico para digital.Seus recursos são limitados, algumas versões não dispõem de edição/inclusão de dados via teclado, inclusão de tabela nutricional, rodapés nas etiquetas, mensagens promocionais, dentre outros. Logo era necessário saber de antemão as necessidades de cada comercio.

Placas:

Placa Principal e placa impressor (tp80)
Placa fonte de alimentação com transformador
Transformador para fonte de alimentação Filizola Platina
Placa A/D – Conversora analógico/digital
 

Filizola Platina Unificada:

Conta com apenas duas placas, como o próprio nome sugere, ela unificou todos os módulos em uma única placa, o controle do impressor e conversão do sistema analógico para digital da célula de carga foram incorporados à placa cpu, seu banco de dados foi expandido, seu firmware melhorado, tornando-a mais precisa, eficaz e rápida.Esta versão passou por três revisões, onde foram corrigidos alguns erros e recursos foram aprimorados. A parte de força também foi modernizada, a fonte de alimentação passou a ser “automática” e não contava mais um transformador externo a ela.

Placas:
Placa cpu unificada e placa fonte chaveada

Filizola Platina “24 volts”:

Assim como a platina unificada, ela possui somente duas placas, a principal ou cpu, que incorpora todos os módulos da balança e uma fonte de alimentação, que dessa vez foi aprimorada, seu tamanho foi reduzido e seus recursos melhorados, tornando-a mais rápida e menos suscetível a falhas, reduzindo assim os gastos com manutenção.

Placas:

Placa principal CPU e placa fonte (Filizola Platina 24V)

Agora que já conhecemos os tipos de placas que compõe cada modelo da Filizola Platina, poderemos tratar das suas versões, foram mais de 90 versões para os 3 modelos de balanças, algumas muito específicas como as versões dedicadas exclusivamente a grandes hipermercados e atacados como as versões do Makro (236 e 237), Pão de açúcar (317 e 322) e Carrefour (319).

Mas como já era de se esperar com o tempo muitas versões caíram em desuso, algumas pela quantidade de erros que apresentavam outras pela falta de recursos, assim as tornando obsoletas.

As versões mais utilizadas atualmente e recomendadas são:

Filizola Platina Figuras ou três placas:
Sem uso de tabela nutricional: 300.15 (Placa principal) + 169.01 (Placa impressor)
Com uso de tabela nutricional: 330.24 (Placa principal) + 305.9 (Placa impressor)Platina Unificada Rev. 1: 501.04
Platina Unificada Rev. 2: 502.02
Platina Unificada Rev. 3: 505.13

Platina 24v: 506.09


Download

Confira abaixo o documento com todas as versões já lançadas para Filizola Platina e suas características clique em um dos servidores abaixo:

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin